Menu

Missionários são infectados com vírus mortal na África

O continente africano testemunha um surto sem precedentes de ebola. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), até ontem (1), mais de 1300 pessoas foram infectadas, sendo que 729 delas morreram.

Vários países já anunciaram “estado de emergência”. Libéria e Guiné lutam para conter a epidemia. Serra Leoa anunciou o fechamento das escolas e mandou tropas para isolar regiões em quarentena. Já surgiram os primeiros casos na Nigéria e há temor de epidemia continental.

Não há cura nem tratamento conhecido para as vítimas. Um número muito pequeno de pessoas consegue resistir naturalmente ao Ebola, mas o índice de mortes entre os contaminados é cerca de 90%.

O médico Kent Brantly (33) e a enfermeira Nancy Writebol (59) estão entre os infectados pelo vírus. Eles fazem parte da equipe médica missionaria do Samaritans Purse [Bolsa do Samaritano], ministério ligado à Associação Evangelística Billy Graham. Ambos atendiam pacientes na Libéria em uma missão de ajuda humanitária.

O estado de saúde deles é grave e seus amigos e familiares estão pedindo orações em favor deles, pois a medicina não poderá ajuda-los. Franklin Graham, diretor da Organização missionária contou que mesmo estando muito debilitado, Brantly demostra amor cristão: “Quando chegou até nós um soro experimental, suficiente para uma só pessoa, o Dr. Brantly pediu para fosse dado à enfermeira Nancy”, conta Graham. Ele acrescenta ainda que “O ministério heroico e sacrificial deles, juntamente com todos da equipe lá, é um belo exemplo do amor de Cristo em meio a esta situação de crise”.

Os dois já foram levados de volta aos EUA e estão no Hospital Universitário Elmory, em Atlanta. Segundo a Samaritans Purse, Brantly estava trabalhando voluntariamente há vários meses com pessoas infectadas na Libéria, país que registra o maior número de pessoas infectadas pelo vírus. A organização evangélica estuda tirar da região todos os seus missionários e equipes médicas até que a epidemia seja controlada.

Bruce Johnson, presidente da Missão SIM, à qual pertence Nancy Writebol, está liderando uma campanha de intercessão pela internet. “Acreditamos no poder da oração e pedimos às pessoas de todo o mundo que orem, não só por Nancy e pelo Dr. Brantly, mas também por todos aqueles que estão infectados por este terrível vírus”, pediu ele.

Sexta-feira, Margaert Chan, chefe da Organização Mundial de Saúde (OMS), admitiu que o vírus está se espalhando rápido demais e que a epidemia está “fora de controle”. Contudo, para os especialistas é muito baixo o risco de uma pandemia global.

O infectologista Stefan Cunha Ujvari, autor do livro “Pandemias”, explica que a transmissão do Ebola ocorre pelo contato direto com doentes e sua transmissibilidade é baixa. Os vírus são considerados de alto contágio quando transmitidos pelo ar.

Com informações CBN, O Globo e Samaritans Purse

Deixe um comentário

Canal livre para interação. Após o envio, aguarde análise de nossos moderadores para a publicação.

Ultra Center
Unigran